Dieta nova e férias escolares

Treino e maternidade

Foi dada a largada para férias escolares

Foi dada a largada para férias escolares, resumindo… duas crianças em casa por 3 semanas e sem tempo para ir até a academia;a solução é treinar em casa mesmo e apertar na dieta, o desejo é fazer Focus T 25 e 3 dias na semana, no caso Cardio, Speed, Total Body Circuit farei como AEJ só preciso ficar atenta para nao exagerar.

Com essa quase pausa; também reformulei meu cardápio, passei 30 minutos ontem fazendo contas, olhando rótulos, lista de compra e mercado.

Geralmente não consumo leite, alias, qualquer caloria liquída em dietas low carb, dessa vez me dei o luxo por que achei um leite de soja com pouquíssimos carboidratos e um quark, tipo de queijo fresco, lembra um pouco o cream cheese; que já tinha me esquecido o quanto ele é protéico, low fat e tem uma consistencia maravilhosa, não deixa nada à desejar a iogurtes gregos como da Total, Chobani ou Oikos, além do preço, 500 gramas custa 0,45 centavos.

Leite com pouco carboidrato

Leite de soja Alpro

compras da semana

compras para a semana. não tem chocolate escondido embaixo da berinjela

Quark

Quark

Dessa vez não optei por pratos diferentes todos os dias, mesmo ” em casa de férias”, sem precisar de carregar marmitas, prefiro o pensamento do Tim Ferriss, quanto mais mudanças/variações, mais chances de errar nos macros e ficaria louca na hora de cozinhar, então todo dia a mesma coisa, muitas vezes pré preparadas apenas para terminar na hora de comer e pronto! Decorar cardápio não é comigo! Ficou assim:

exemplo de dieta low carb

Menu low carb

Resta saber se férias, entra e sai e criançada, cozinhar o dia inteiro, conseguirei seguir a risca, como bem me conheço; acho que errei nessas contas e tem muito mais de 1200 Kcal.

Café da manhã

Aveia, aveia, aveia…Animador!

Mingau de aveia com compota de cereja e canela

Mingau de aveia com compota de cereja e canela

Lanche da manhã

Abacate com caseína

Abacate com caseína

Almoço:

refeições low carb

Salada com atum

Eu confesso que não tenho prazer, mas por qualquer razão nunca consegui fugir do atum ou salmão, então lá vou…Tenho certeza que depois de uns 2 dias refaço as contas e entro com ovo,já comprei 3 dúzias para contando com essa possibilidade remota, embora prefiro ovo no jantar.

Pré treino

Frapuccino de Aveia

Frapuccino de Aveia sem leite e chocolate, ou seja, nao é frapuccino. É café com leite!

No pós treino tomo um shake de Whey da ESN+glutamina+creatina( quando lembro)+ e um pedacinho de chocalate 99% da Lindl, prefiro que a dextrose.

Jantar:

Legumes na brasa fica muito bom, especialmente o pimentão, é possivel assar em grande quantidade e curtir no azeite e alho, um autentico antipasti.

Jantar

Jantar

Cardápio sem grandes surpresas ou pratos goumert e torcendo para fugir da cozinha…

Dieta low carb, dieta das proteinas

dieta low carb: pirâmide

Dieta Low Carb é recomendada para quem deseja emagrecer, perder gordura preservandomáximo possível a massa muscular, na dieta low carb ( low carb= pouco carboidrato). Na dieta low Carb reduzimos os carboidratos e aumentamos o consumo de proteinas. A regra básica é limitar os carboidratos, tirando todos os carboidratos  de alto índice glicêmico, permitindo com moderação apenas com baixo IG ( ok, ok,ok!! Um pouco de moderado)

Ficou confuso essa de IG? Aqui tem uma tabela de indíce glicêmico dos carboidratos, mas resumindo…

Tudo que é farinha branca como pão de forma, francês, bolo, macarrão( Xiii! a lista é imensa e dolorosa!) é proibido. Grãos integrais como aveia, arroz integral, macarrão integrão, pão preto, nozes e sementes oleaginosas, legumes, frutas cítricas e verduras; devido a quantidade de fibras nesses alimentos a digestão é lenta e a glicose é liberada aos poucos no sangue,  mantendo a pessoa saciada por mais tempo e com energia.

Uma coisa que algumas pessoas esquecem: Frutas e leite tem carboidratos.

Reduzindo a única fonte de energia, os carboidratos, nada mais resta ao organismo para continuar sobrevivendo senão procurar outra fonte de alimento, os triglicerídeos, que é a maneira como a gordura se estoca nas células adiposas. E é nos locais de maior acumulo de gordura que o emagrecimento fica visível e mais rápido.

Aqui um exemplo:

perca barriga dieta
1 semana de dieta low carb

1 semana de dieta low carb e é possível ver a gordura da barriga derretida!

Quando ingerimos muito carboidrato ou em proporções muito maiores do que as proteínas, isso leva a um aumento rápido de açúcar no sangue. A insulina é liberada para reduzir as concentrações de açúcar no sangue e transportá-lo para dentro dos tecidos, incluindo o tecido adiposo (gordura).  Reduzindo o consumo de carboidratos e consumindo mais proteínas você mantém sob controle a liberação da insulina, que é um dos principais inimigos de quem deseja perder gordura.

Um problema muito comuns nas dietas de baixas calorias, essas malucas da Lua, do abacaxi, do leite, da sopa de repolho, é que você normalmente perde mais músculos do que gordura. Isso reduz seu metabolismo e causa o tão conhecido efeito iô-iô – você perde peso para logo depois ganhar tudo de volta.  Na low carb não é necessário contar calorias, se na sua TBM é de 1500 calorias para emagrecer, não precisa tirar, basta consumir 1500 kcal prioriando as proteinas magras e diminuindo os carboidratos, a não ser que se queira acelerar a perda de peso.

Manter um alto consumo de proteínas de qualidade e ao mesmo tempo restringir o consumo de carboidratos é a maneira que muitos atletas profissionais mantêm seus músculos ao mesmo tempo em que se livram da gordura corporal indesejada.

Uma piadinha:

O problema é que seguir uma dieta low carb pode ser difícil. Muitas vezes, para reduzir o consumo de carboidratos você acaba se concentrando em alimentos ricos em proteínas, mas que também são ricos em gorduras saturadas, o que não é bom para a saúde. As “gorduras saudavéis” (insaturadas) como das nozes, castanhas e azeite ( não falo das margarinas, alimentos processados, bacon)  em uma dieta low carb é muito útil,  ajudarão no controle insulínico e na digestão, portanto são essenciais em dietas low carb.
Uma parte das pessoas que seguem o estilo de vida low carb tem problemas no funcionamento do intestino devido à pouca ingestão de fibras. As fibras alimentares auxiliam o funcionamento do intestino.

Quando não for possível evitar os carboidratos industrialízados, combine-os com fibras. Elas dão uma segurada na absorção do açúcar dos alimentos processados, baixando o índice glicêmico da refeição.

Alimentos recomendados na dieta low carb

Todas as verduras e legumes, carnes magras como frango e peixe (em especial salmão e sardinha por serem ricos em ômega 3, um tipo de lipídio benéfico ao coração), leite desnatado, queijos amarelos, nozes e castanhas (com moderação), algumas frutas (goiaba, mamão, damasco, manga, maçã e laranja).

Alimentos proibidos na dieta low carb

Arroz branco, milho, pipoca, pão francês e de fôrma, torrada, bolo, macarrão e demais derivados da farinha branca, leite integral, açúcar, doce industrializado ou  caseiro e refrigerante.

CONTRA-INDICAÇÕES: Para quem tem insuficiência renal ou hepática, porque nesses casos a ingestão de proteína sobrecarrega os rins e o fígado.

Mais dúvidas pode consultar aqui:

Taxa Metabólica Basal