Sobre meu emagrecimento

Uma coisa que sempre rondou meu imaginário além das dores mortais do parto como diz o senso coletivo, foi que depois da gravidez meu corpo/barriga nunca seria o mesmo ( E realmente não foi…). Eu que nunca fui uma pessoa mega vaidosa essa idéia me atormentava, nem tanto pela mudança corporal, mas por que ” teria que me conformar” ” ainda mais depois de duas gestações”, eu tinha a impressão que tentavam me convencer que depois de ter filho ” tudo acabou”, a forma como me falavam me incomodava demais.

Como sou mega do contra, senti as ” dores mortais” e pari em casa, na minha cama e ainda hoje tenho saudades desse momento suplime; a segunda coisa que me desafiou foi que nunca me incorfomaria e assim fiz.

Depois de engordar um pouquinho, digamos assim; 15 kg da primeira e 27 kilos um ano depois na segunda gestação, de 59 kg consegui chegar em 86 kg, isso por que só tive curiosidade em me pesar logo após o nascimento até hoje não sei( pra falar a verdade sei sim, meu cardápio rondava em torno de 5000 kcal diária) como engordei tanto e meu menino pesou 2,900gr.

Processo de emagrecimento: 2 semanas pós parto

Processo de emagrecimento: 2 semanas pós parto

A hipocrisia é tamanha que só falta falar que só ver comida já engordou, aqui está a explicação como engordei tanto:

+


Almoço e sobremesa: 1160 Kcal. Informações tiradas do site do próprio restaurante e so site da Kibon. Isso era apenas no almoço, ainda tinha café da manhã, lanche da tarde, a janta e ainda as escapadas de madrugada. 

Caiam de costas, principlamente na quantidade de sódio. Depois de meu processo de emagrecimento concluído, tive curiosidade para ver de perto os lanches desses fast food e deixei um hamburger da Burger King em temperatura ambiente durante 6 meses. Experimentem deixar um pedaço de carne ao ar livre para ver o que acontece, tem idéia?!Apodrece, oras!!!!!!!!!!!!!

Hamburger depois de 6 meses em temperatura ambiente

Hamburger depois de 6 meses em temperatura ambiente

Pois é?! Olha o quanto é saudavel e inocente! Carne sem conservantes!

Voltando ao assunto…

Devido ao sobrepeso minha presssão foi às alturas, meu joelho dóia demais e até minha caçca de gestante era apertada demais, não conseguia vestir nem deitando na cama e segurando o fôlego, por isso e agarrada num odio do senso coletivo, momentos depois, na primeira refeição pós parto decidi que nunca mais comeria tanta porcaria, foi só nascer que decretou ” estou de dieta, por favor, me traga uma fatia de pão preto, queijo branco e tomate, não quero bolo, não”.Sabe aquelas dietas de boa forma, então, esqueci, precisa de algo mais e dourado, morro só de pensar em dieta com 3 colheres de arroz e ainda amamentando…

E foi assim que comecei, antes dessa fase nunca fui de comer porcaria, então foi fácil deixar tudo pra trás e voltar a minha velha alimentação. Como amamentava exclusivo e em livre demanda qualquer dieta restritiva não funcionaria, poderia compometer a produção e amamentar já queima muitas calorias, então já estava em vantagem, teria uma ” atividade fisíca” para ajudar no processo, então decidi tirar do cardapio tudo que era branco: farinha, sal e açúcar e não comer carboidrato a noite. Prometi à mim mesma se quisesse ficar com 86 kgs, então ficaria nua por que não compraria nenhuma roupa numero 46, teria penas 1 vestido que ora fazia de saia e uma camiseta branca.

meu processo de emagrecimento

1 mês após o parto. Já com 78 kg

Durante o primeiro ano não tive nenhum dia de lixo, no máximo era 1 refeição e nada exagerado, acrescentava algumas gramas de carboidrato integral e no outro dia abaixava a quantidade, não era muito fácil por que o tempo tempo preparava comida para minha menina e tinha muita fome devido a amamentação, para driblar tomava muita água gelada e comia pimentão vermelho entre refeição principal e os lanches, alias vivia mastigando pimentão.

O processo de emagrecimento realmente foi muito rápido, a cada dia a balança baixava, comendo limpo e amamentação impulsionam nessa tarefa, ainda introduzi caminhadas diárias com as crianças, todo santo dia após o café colocava-os no carrinho e caminhava por 40 minutos, era uma maravilha por que era bem o horário da soneca do bebê e a era um momento só meu e da menina sozinhas. O nosso momento!

Como até o terceiro mês, academia era algo fora de questão ainda mais que meu menino não tinha sequer uma vacina, então comprei um jump e um Kinect para fazer algo em casa. O jump ainda conseguis pular por 10 minutos sem interrupçã, mas o kinect foi aposentado, as crianças ficaram enlouquecidas com a novidade e queriam também participar da brincadeira.

Comprei um jump para ajudar no processo de emagrecimento

emagrecer pós parto

Éééééééééé! Seis meses já estava tetéia…

6 meses após o parto

emagrecer pós parto

Não deu outra, tive que entrar na academia por que em casa não tinha muito sucesso. Eu achava que não frequentaria com tanto afinco, mas me enganei. Estou há quase 4 anos sem interrupção, apenas pequenas pausa em viagens de férias, ainda assim, não fico parada, adquiri o hábito de correr e fazer pilates 3 vezes por semana antes do almoço.

E minha barriga realmente não é a mesma depois de 2 crianças, está infinitamente melhor. Eu estou melhor, mais saudável e meus filhos vivem esporte!

Barriga 18 meses após o parto

Barriga 18 meses após o parto

E agora sao meus filhos os fotografos oficiais no meu novo Life Style. Aeeeeeeeeee!

dieta low carb

Lutando pelo meu tanque.

Anúncios

17 comentários sobre “Sobre meu emagrecimento

  1. oi amei seu blog! uma inspiracao para nos que somos maes e muitas das vezes ja desistimos da shilueta fina rss
    bom eu tinha relaxado depois da minha segunda gestacao, tenho 1,54cm de altura e tinha chegado a 59,4kg foi quando dei um basta, bom nunca fui magerrima mas tambem nao queria ficar sem roupa , as roupa tudo apertada e as banha pra fora foi quando caiu a ficha, comecei a reeducacao alimentar troquei arroz branco por integral pao por torrada integral diminui a minha comida acrescentei mais salada e legumes cortei os doces que comia demais, confesso que nao consegui como voce um ano inteiro sem escorregava nos finais de semana.. entrei numa academia e sim teve momentos em que quis desistir frustada na qual parecia que no comeco nao havia resultado mas persisti e fazem 7 meses e consegui perder quase 8 kg estou com 51,5kg mas ainda nao estou satisfeita e gostaria de saber como conseguiu uma barriguinha sequinha umas dicas pois ainda estou com uma barriguinha e ela quer persistir rsss

    • Eu ainda estou na luta! Não desista! a barriga é ultima a sumir e a primeira a voltar, mesmo com a rotina puxada depois da entrada da entrada das crianças na escola, tento ao menos fazer exercicios 4,5 na semana 45 minutos, nem sempre é possível ir na academia, então, faço em casa mesmo.

  2. Nossa, adorei seu blog e sua força de vontade!!! estou me exercitando há 2 semanas e já foram 3kg!! estou pensando em ingressar na dieta dukan pra dar uma turbinada!! vi que disponibilizasse partes do livro…
    Mto obrigada, são pessoas como você que ajudam e incentivam as “gordinhas” a entrar na linha!! Parabéns!!

    • Oi, Juliana,obrigada pelo comentário! Com 2 semanas de exercicios já mandou embora em 3 kilos, viu como é possível, Precisa ter persistência para incorporal novos hábitos. Hoje já não faço tantas dietas, mudei a alimentação e atividades, venho mantendo há 5 anos, depois de férias ou datas comemorativas como natal, faço alguma dieta para dar uma acelerada e volto com minha alimentação normal.Dukan para turbinar é uma boa dieta, mas para manter, nada melhor que uma reedução! Faça sim e venha contar seus resultados.

  3. Caramba! Descobri esse blog agora mesmo! Decidi esta semana adquirir hábitos de vida mais saudáveis pra mim e minhas duas filhas. Tenho uma de 3 anos e outra de 10 meses e acho que jamaaaaaais vou conseguir a barriguinha desse jeito aí. Ainda tenho um pouco dessa aparência de pós gravidez que é medonha. Mas vou tentar algo. Cheguei até aqui procurando uma receita de “nutella” mais saudável e adorei seu blog! Já tentei outras vezes e não deu certo por falta de planejamento, agora vou buscan várias maneiras de comer bem e gostoso antes de começar outra vez. Mas parabéns! Admirável seus resultados! Sim senhora! Kkkkk

  4. Estou na luta também e seu depoimento me serve como inspiração para continuar. Tive minha segunda filha a 2 meses e adotei a dieta low carb como meu novo life style e os cardios como meus exercícios oficiais, pelo menos 3 vezes na semana. Estava com 84 kg antes de ter a bebê, e da ultima vez que me pesei estava com 68 kg, e acho que eliminei mais na ultima semana. Mas como você mesma disse, há uma quebra de paradigmas e tal. Aqui em casa, eu faço a comida de sempre, só que eu fico na carne e saladas, e faço arroz, feijão, batata e etc só pra minha filha mais velha e meu marido. Estou animada…..

  5. Fiquei infinitamente contente em ver seu relato, pois estou na luta, ta difícil mas coloquei na minha cabeça que quero um corpo legal, e principalmente saudável, a atividade física eu gosto de fazer não tenho problemas com esforço físico, mas a grande dificuldade é na alimentação já que tenho um filhinho de 02 anos, e não posso restringir a alimentação dele, pois ele é ligado no 220 V, muito ativo, em muitos momentos perco a linha, mas minha consciência pesa. Estou nessa fase de adaptação quero porém não sou fiel 100% isso é muito difícil, mas ao poucos estou tomando consciência do quanto é necessário.

    • Oi,Olivia,

      Eu não faço comida separada, nunca fiz, o máximo é que no jantar eu não como os carboidratos e as crianças comem, no resto comemos a mesma coisa. Comemos bolo, cookies,sorvete, bombons, a diferença agora é que eu mesma faço e controlo o que tem dentro e sempre adapto. o começo realmente não fácil, tem muitas pesquisas, produtos novos, quebra de paradigma, mas conseguimos, devagar, mas conseguimos.:-) Beijos!

  6. Descobri seu blog há pouco tempo e já estou adorando!!! Que força de vontade hein!! Tiro o chapéu pra vc….eu que não tenho filhos já acho tão difícil encaixar os exercícios físicos na rotina diária, mas ler sua história me fez lembrar aquela velha frase ” Quem quer arranja um jeito, quem não quer arruma uma desculpa!”. Bjos

    • Carol,

      Antes das crianças, eu também não tinha tempo e o mais curiosoq ue trabalhava 6 horas por dia. Vivia num circulo vicioso entre TV, cama e banheiro. Um horror! Agora, faça sol ou chuva, 45 minutos por dia tiro pra mim, encaixo, não é raro assistir um filme fazendo Hiit na sala.

    • Elisabete, obrigada oela visita! Volte mais vezes, todo dia uma receita nova para ajudar no processo de emagrecimento ou manter a forma. Aceite também sugestões nessa caminhada! Beijos

Obrigada pelo seu comentário! Fico feliz com sua participacao!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s